Logo Anatel REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL
AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES.
Certificado de Homologação
(Intransferível)
Nº  02230-11-06223
Validade:  Suspensa em 02/08/2013
Emissão:  25/08/2011

Solicitante: Fabricante:
SONY BRASIL LTDA.
RUA WERNER VON SIEMENS 111 PREDIO 1-TERREO ESPAÇO EMPRESARIAL E BUSINESS PARK LAPA
5069010 SAO PAULO SP
SONY COMPUTER ENTERTAINMENT INC.,
1-7-1 KONAN, MINATO-KU, TOKYO 108-0075, JAPAN.
TOKYO

Outras Unidades Fabris:
HONG FU JIN PRECISION ELECTRONS (YANTAI) CO. LTD.
B SECTION, EXPORT PROCESSING ZONE, BEIJING ZHONG ROAD 50 YANTAI ECONOMIC & TECHNOLOGICAL DEVELOP. AREA
SHANGDONG - CHINA

Suspenso
Este documento homologa, nos termos do Regulamento para Certificação e Homologação de Produtos para Telecomunicações, aprovado pela Resolução Anatel nº 242, de 30 de novembro de 2000, o Certificado de Conformidade nº 05566/11 , emitido pelo OCD - IBRACE - Instituto Brasileiro de Certificação. Esta homologação é expedida em nome do solicitante aqui identificado e é válida somente para o produto a seguir discriminado, cuja utilização deve observar as condições estabelecidas na regulamentação do(s) serviço(s) ou aplicação(ões) a que se destina.





Tipo:
Transceptor de Radiação Restrita - Categoria II

Modelo(s):
CECH-3011A
CECH-3011B

Serviço/Aplicação:
Radiocomunicação de Radiação Restrita

Características técnicas básicas:
 Faixa de Freqüências Tx 
 (MHz) 
 Potência Máxima de Saída 
 (W) 
 Designação de Emissões  Tecnologias  Tipo de Modulação 
 2400,0 a 2483,5  0,00104  811KF7D  SALTO EM FREQÜÊNCIA  GFSK 
 2400,0 a 2483,5  0,00131  1M28G7D  SALTO EM FREQÜÊNCIA  n/4DQPSK, 8DPSK 
 2400,0 a 2483,5  0,0361  10M5X9D  SEQÜÊNCIA DIRETA  DBPSK, DQPSK, CCK 
 2400,0 a 2483,5  0,0716  17M0X9D  OFDM  BPSK, QPSK, 16/64QAM 
Taxa de Transmissão Máxima: 54 Mbps.
Ensaio de SAR não aplicável: o equipamento não é terminal portátil.
Observações:
Na instalação do produto, devem ser observadas as condições de uso conforme estabelecido no Regulamento sobre Equipamentos de Radiocomunicação de Radiação Restrita.

Constitui obrigação do fabricante do produto no Brasil providenciar a identificação do produto homologado, nos termos do art. 39 do Regulamento anexo à Resolução Anatel nº 242, em todas as unidades comercializadas, antes de sua efetiva distribuição ao mercado, assim como observar e manter as características técnicas que fundamentaram a certificação original.

As informações constantes deste certificado de homologação podem ser confirmadas no SGCH - Sistema de Gestão de Certificação e Homologação, disponível no portal da Anatel. (www.anatel.gov.br).

Marcos de Souza Oliveira
Gerente de Certificação e Numeração