Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data: 16/08/2022 09:25:24
 Total de Contribuições:88

CONSULTA PÚBLICA Nº 530


 Item:  Art. 2º
Contribuição N°: 1
ID da Contribuição: 18046
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:15:32
Contribuição: Este Regulamento também estabelece as características técnicas, funcionais, de construção e sinalização dos terminais para uso no STFC, bem como os requisitos necessários à sua certificação e os correspondentes procedimentos de ensaios para produtos homologados a partir da data de validade deste documento.
Justificativa: Caso contrario, exigiria um grande esforço para adequação de algumas partes dos terminais para atender a nova regulamentação. Sendo que as exigencias atuais já garatem o funcionamento dos terminais na planta instalada.
 Item:  Art. 3º
Art. 3 As interfaces descritas neste regulamento são aquelas destinadas a interligar, com a rede de suporte ao STFC, os terminais que possuem as seguintes interfaces:
Contribuição N°: 2
ID da Contribuição: 17766
Autor da Contribuição: Sanroma
Data da Contribuição: 25/05/2004 16:53:14
Contribuição: Art. 3 As interfaces descritas neste regulamento são aquelas destinadas a interligar, com a rede de suporte ao STFC, os terminais que possuem:
Justificativa: Simplificação do texto
 Item:  I
I- tensão senoidal de 70 Vef a 90 Vef sobreposta à tensão de alimentação, com distorção máxima de 15%;
Contribuição N°: 3
ID da Contribuição: 18047
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:15:32
Contribuição: tensão senoidal de 70 Vef a 90 Vef somada à tensão de alimentação, com distorção máxima de 15%;
Justificativa: Para não deixar o texto com dupla interpretação.
 Item:  II
II- freqüência variando de 15 Hz a 30 Hz, com período de envio de sinalização de 1000 +/- 100 ms, seguido de período de silêncio de 4000 +/- 400 ms.
Contribuição N°: 4
ID da Contribuição: 18048
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:15:32
Contribuição: freqüência variando de 15 Hz a 66 Hz, com período de envio de sinalização de 1000 +/- 100 ms, seguido de período de silêncio de 4000 +/- 400 ms.
Justificativa: Facilidade na construção dos geradores de sinal de chamada.
 Item:  Art. 14
Art. 14. A rede de suporte do STFC deve atender às seguintes características de tempo para reconhecimento do evento retomada do sinal de discar: I- T <= 140 ms, não deve reconhecer o evento; II- 140 ms < T < 220 ms: pode ou não reconhecer o evento; III- 220 ms <= T <= 320 ms: deve reconhecer o evento; IV- 320 < T <= 500 ms: pode ou não reconhecer o evento V- T > 500 ms: não deve reconhecer o evento.
Contribuição N°: 5
ID da Contribuição: 17767
Autor da Contribuição: sanroma
Data da Contribuição: 25/05/2004 17:19:32
Contribuição: ... de discar ou marcar: Obs.: Alterar também no art. 38, art. 50, art. 99, art. 99 inciso II, art. 103, art. 103 inciso III e art. 104 inciso I
Justificativa: compatibilização com a Regulamentação existente
 Item:  § 1°
1 A tensão de alimentação fornecida pela rede de suporte ao STFC para os terminais que dela necessitem para o seu funcionamento, deve ser de (- 48 4) Vcc, fornecida por meio de ponte de alimentação de 2 x (170 a 300 ohms).
Contribuição N°: 6
ID da Contribuição: 18049
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:33:01
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  I
I - para terminal de voz, os sinais de sinalização multifreqüencial enviados para a linha devem ser audíveis através da cápsula receptora;
Contribuição N°: 7
ID da Contribuição: 18050
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:33:01
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  II
II - para terminal de voz, a atenuação do sinal de voz na linha, proveniente da cápsula emissora durante o envio da sinalização multifreqüencial, deve ser maior ou igual a 40 dB;
Contribuição N°: 8
ID da Contribuição: 18124
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:33:01
Contribuição: para terminal de voz, a atenuação do sinal de voz na linha, proveniente da cápsula emissora durante o envio da sinalização multifreqüencial, deve ser maior ou igual a 20 dB;
Justificativa: 20 dB é o suficiente para atender ao campo. 40 dB restringe a algumas tecnologias aplicadas.
 Item:  I
I - com o enlace fechado, a resistência deve ser menor ou igual a 400 ohms, medida na condição de corrente de enlace de 20 mA e na máxima corrente de enlace possível. Este item não é aplicável à terminal que tenha a função exclusiva de identificar o acesso chamador;
Contribuição N°: 9
ID da Contribuição: 18051
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:33:01
Contribuição: com o enlace fechado, a resistência deve ser menor ou igual a 400 ohms, medida na condição de corrente de enlace de 20 mA e na máxima corrente de enlace possível. Este item não é aplicável à terminal que tenha a função exclusiva de identificar o acesso chamador;
Justificativa: .
Contribuição N°: 10
ID da Contribuição: 18052
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:27:21
Contribuição: quando submetido a uma tensão senoidal de 70 Vef e freqüência de 25 Hz somada a 48 V, o módulo da impedância deve ser maior ou igual a 4 kohm;
Justificativa: Para evitar dupla interpretação.
 Item:  Art. 33
Art. 33. A Perda de Retorno do terminal, em relação a 600 ohms na faixa de 300 Hz a 3400 Hz, medida com tensão de 0,388 Vef (-6 dBm em relação à 600 ohms) com corrente de enlace variando entre 20 mA e a máxima corrente de enlace possível deve ser maior ou igual a: I - Para terminal de dados: 16 dB. II - Para os demais terminais: 14 dB;
Contribuição N°: 11
ID da Contribuição: 18053
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:27:21
Contribuição: A Perda de Retorno do terminal, em relação a 600 ohms na faixa de 300 Hz a 3400 Hz, medida com tensão de 0,388 Vef (-6 dBm em relação à 600 ohms) com corrente de enlace variando entre a corrente de 3Km do aparelho e a máxima corrente de enlace possível deve ser maior ou igual a: I - Para terminal de dados: 16 dB. II - Para os demais terminais: 14 dB;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km e não com 20mA. Na consulta das normas de PABX, a impedancia para a medição da perda de retorno foi estabelecida em 900 ohms. Acreditamos que deveriam unificar este valor de impedancia, mantendo os mesmo 600 ohms. Se mantiverem a diferença continuaremos tendo problemas de compatibilidade entre os produtos. ( Ex: Discagem DTMF)
 Item:  Art. 35
Art. 35. O terminal deve atender ao disposto no Regulamento para Certificação de Equipamentos de Telecomunicações quanto aos aspectos de Compatibilidade Eletromagnética.
Contribuição N°: 12
ID da Contribuição: 18054
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:27:21
Contribuição: O terminal deve atender ao disposto no Regulamento para Certificação de Equipamentos de Telecomunicações quanto aos aspectos de Compatibilidade Eletromagnética obedecendo a lista de requisitos minimos da ANATEL.
Justificativa: Esclarecer a aplicabilidade dos itens da norma.
 Item:  Art. 37
Art. 37. O aviso sonoro para o terminal de voz deve ser acionada quando este for submetido a um sinal de chamada conforme especificado no Art. 11, para linhas de 0 a 3 km, com até 4 terminais conectados à linha do assinante.
Contribuição N°: 13
ID da Contribuição: 18055
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:27:21
Contribuição: O aviso sonoro para o terminal de voz deve ser acionada quando este for submetido a um sinal de chamada conforme especificado no Art. 11, para linhas de 0 a 3 km, com uma impedancia em paralelo ao terminal de 6,8uF + 820 ohms conforme figura 7B desta consulta.
Justificativa: Não depender das impedancias dos terminais utilizados no teste.
Contribuição N°: 14
ID da Contribuição: 17769
Autor da Contribuição: sanroma
Data da Contribuição: 25/05/2004 17:52:40
Contribuição: Art. 37. O aviso sonoro para o terminal de voz deve ser acionado quando ...
Justificativa: Concordância verbal
 Item:  Art. 39
Art. 39. As características eletroacústicas do terminal de voz devem ser atendidas quando este é alimentado com fonte de alimentação de 48 V, ponte de 2 x 250 ohms e linha de assinante com condutor de 0,40 mm de diâmetro (280 ohm/km, 50 nF/km).
Contribuição N°: 15
ID da Contribuição: 18056
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:59:40
Contribuição: As características eletroacústicas do terminal de voz devem ser atendidas quando este é alimentado com fonte de alimentação de 48 V, ponte de 2 x 250 ohms, 2 X indutores maioroes ou iguais a 5 H, e linha de assinante com condutor de 0,40 mm de diâmetro (280 ohm/km, 50 nF/km).
Justificativa: Especificar o feed corretamente.
 Item:  I
I- o Índice de Sonoridade de Emissão deve estar entre +3 dB e +14 dB, para linha de comprimento entre 0 km e 3 km:
Contribuição N°: 16
ID da Contribuição: 18057
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:59:40
Contribuição: o Índice de Sonoridade de Emissão deve estar entre +3 dB e +20 dB, para linha de comprimento entre 0 km e 3 km:
Justificativa: Para os indices determinados para a recepção, não precisamos de indices tão altos para a transmissão. Os dois indices altos em ligações com linhas curtas, tornam a ligação desconfortável para o usuário. Se baixarmos os indices de transmissão, teremos uma menor captação de ruído ambiente, melhorando a qualidade da comunicação. E este indice de +3dB a +20dB atende as linhas de até 3Km. Na opnião de alguns projetistas de telefones o melhor desempenho ( resultados praticos ) ocorre quando temos recepção alta e transmissão não tão alta, pois além da diminuição da captação do ruído ambiente melhora em muito o desempenho do efeito local do aparelho nas varias configurações de linha existentes na planta atual. Referente ao efeito local, vale salientar que este varia muito com as configurações das linhas.
 Item:  Art. 42
Art. 42. A distorção harmônica total, medida para freqüências fundamentais na faixa de 300 Hz a 3400 Hz, para corrente de enlace de 20 mA, deve estar:
Contribuição N°: 17
ID da Contribuição: 18058
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:59:40
Contribuição: A distorção harmônica total, medida para freqüências fundamentais na faixa de 300 Hz a 3400 Hz, para corrente de enlace de 3Km do aparelho, deve estar:
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  I
I - a potência de ruído de emissão, medida nos terminais do terminal de voz, com o monofone fora do gancho e sem sinal acústico proveniente da cápsula emissora, deve ser menor ou igual a -64 dBmp, quando medida com corrente de enlace variando entre 20 mA e a máxima corrente de enlace possível;
Contribuição N°: 18
ID da Contribuição: 18059
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:59:40
Contribuição: a potência de ruído de emissão, medida nos terminais do terminal de voz, com o monofone fora do gancho e sem sinal acústico proveniente da cápsula emissora, deve ser menor ou igual a -64 dBmp, quando medida com corrente de enlace de 3Km do aparelho e a máxima corrente de enlace possível;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  II
II - a potência de ruído de recepção, medida com um ouvido artificial acoplado à cápsula de recepção, com o monofone fora do gancho e sem sinal acústico proveniente da cápsula emissora, deve ser menor ou igual a -49 dBPa(A), quando medida com corrente de enlace variando entre 20 mA e a máxima corrente de enlace possível.
Contribuição N°: 19
ID da Contribuição: 18060
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 11:59:40
Contribuição: a potência de ruído de recepção, medida com um ouvido artificial acoplado à cápsula de recepção, com o monofone fora do gancho e sem sinal acústico proveniente da cápsula emissora, deve ser menor ou igual a -49 dBPa(A), quando medida com corrente de enlace de 3Km do aparelho e a máxima corrente de enlace possível.
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  Art. 46
Art. 46. O terminal de voz deve possibilitar o ajuste contínuo, ou com pelo menos três níveis distintos, do nível de intensidade sonora gerado pelo aviso sonoro.
Contribuição N°: 20
ID da Contribuição: 18061
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 13:52:34
Contribuição: O terminal de voz deve possibilitar o ajuste contínuo, ou com pelo menos dois níveis distintos, do nível de intensidade sonora gerado pelo aviso sonoro.
Justificativa: Manter os requisitos atuais.
 Item:  Art. 47
Art. 47. O terminal de voz deve possibilitar a opção de escolha da sinalização de linha emitida, entre as sinalizações decádica e multifreqüencial, especificadas nos Art. 27 e Art. 28 deste Regulamento.
Contribuição N°: 21
ID da Contribuição: 18062
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 13:52:34
Contribuição: O terminal de voz pode possibilitar a opção de escolha da sinalização de linha emitida, entre as sinalizações decádica e multifreqüencial, especificadas nos Art. 27 e Art. 28 deste Regulamento.
Justificativa: Considerando que as centrais devem aceitar as sinalizações decádica e multifreqüencial (Art. 8 desta consulta), não se faz necessario que o terminal de voz também tenha as duas opções. Os identificadores de chamada com sinalização DTMF e FSK poderão emitir somente a sinalização multifrequencial, pois as centrais que permitem o serviço de identificação já estão preparadas para receber a sinalização multifrequencial.
 Item:  Art. 52
Art. 52. O equipamento de comunicação de dados deve reconhecer o sinal de chamada quando este for submetido a um sinal de chamada conforme especificado no Art. 11, para linhas de 0 a 3 km, com até 4 terminais conectados à linha do assinante.
Contribuição N°: 22
ID da Contribuição: 17768
Autor da Contribuição: sanroma
Data da Contribuição: 25/05/2004 17:38:58
Contribuição: Art. 52. O equipamento de comunicação de dados deve reconhecer quando está sendo submetido a um sinal de chamada conforme especificado ...
Justificativa: Simplificação e Clareza
 Item:  I
I - a identificação do acesso chamador será feita conforme a tabela 3 do Anexo;
Contribuição N°: 23
ID da Contribuição: 18063
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 13:52:34
Contribuição: a identificação do acesso chamador será feita conforme a tabela 3 do Anexo;
Justificativa: Ver alteração no item da Tabela 3.
 Item:  III
III - o terminal não deve identificar sinais com nível de potência inferior a & 8211;50 dBm (medido sobre uma impedância de 600 ohms);
Contribuição N°: 24
ID da Contribuição: 18064
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:33:01
Contribuição: o terminal não deve identificar sinais com nível de potência inferior a 50 dBm (medido sobre uma impedância de 600 ohms);
Justificativa: .
 Item:  II
II - o terminal deve identificar corretamente sinais com nível de tensão na faixa de 8 a 36 dBV, na condição de enlace aberto, com uma diferença entre os níveis dos tons de marca e de espaço não excedendo 6 dB;
Contribuição N°: 25
ID da Contribuição: 18065
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:34:55
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  III
III - o terminal deve identificar corretamente sinais com nível de tensão na faixa de 11 a 33 dBV, na condição de enlace fechado, com uma diferença entre os níveis dos tons de marca e de espaço não excedendo 6 dB;
Contribuição N°: 26
ID da Contribuição: 18066
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:34:56
Contribuição: Se o terminal tiver a facilidadade de identificação do acesso chamador na condição de enlace fechado, deve identificar corretamente sinais com nível de tensão na faixa de 11 a 33 dBV, com uma diferença entre os níveis dos tons de marca e de espaço não excedendo 6 dB;
Justificativa: A planta instalada atualmente não faz identificação com enlace fechado, sendo que todos os aparelhos já instalados foram desenvolvidos para este formato. Sugerimos que a identificação FSK com enlace fechado seja opcional, mas no caso de reconhecimento pelo terminal identificador do Acesso Chamador, deve seguir a norma ETS 300 659-2. Assim evitaremos transtornos junto aos usuários que já utilizam este serviço.
 Item:  IV
IV - o terminal deve identificar corretamente os tons de sinalização FSK recebidos nas seguintes freqüências: tom de marca 1300 Hz +/- 1,5 %, e tom de espaço 2100 Hz +/- 1,5%;
Contribuição N°: 27
ID da Contribuição: 18067
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:34:56
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  VI
VI - o terminal deve reconhecer a categoria do acesso chamador de acordo com a Tabela 7 do Anexo;
Contribuição N°: 28
ID da Contribuição: 18068
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:13:04
Contribuição: Se a facilidade estiver disponível no terminal identificador do Acesso Chamador, o terminal deve reconhecer a categoria do acesso chamador de acordo com a tabela 7 do anexo;
Justificativa: A planta instalada atualmente não envia a categoria, sendo que todos os aparelhos já instalados não a reconhecem. Sugerimos que a categoria fique opcional.
 Item:  VII
VII - o terminal deve identificar o sinal de alerta recebido do elemento de rede antes de receber a sinalização FSK, na condição de enlace fechado ou quando a sinalização FSK for enviada antes do primeiro toque do sinal de chamada na condição de enlace aberto.
Contribuição N°: 29
ID da Contribuição: 18069
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:13:04
Contribuição: Se a facilidade estiver disponível no terminal identificador do Acesso Chamador, o terminal deve identificar o sinal de alerta recebido do elemento de rede antes de receber a sinalização FSK, na condição de enlace fechado.
Justificativa: A planta instalada atualmente não faz identificação com enlace fechado e não envia a sinalização FSK antes do primeiro toque do sinal de chamada na condição de enlace aberto, sendo que todos os aparelhos já instalados foram desenvolvidos para este formato. Sugerimos que a identificação FSK com enlace fechado seja opcional e siga a norma ETS 300 659-2. Assim evitaremos transtornos junto aos usuários que já utilizam este serviço.
 Item:  Art. 86
Art. 86. Devem ser utilizados os procedimentos de ensaios apresentados a seguir, sendo facultado o uso de procedimentos alternativos desde que equivalentes aos especificados neste Regulamento.
Contribuição N°: 30
ID da Contribuição: 18070
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:34:56
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  Art. 88
Art. 88. Os ensaios devem ser realizados utilizando-se a ponte de alimentação mostrada na Figura 4 do Anexo. A linha artificial deve obedecer ao previsto na Figura 5 do Anexo, com a célula simulando uma linha telefônica de condutor de 0,40 mm de diâmetro, Resistência de 280 ohm/km e Capacitância de 50 nF/km.
Contribuição N°: 31
ID da Contribuição: 18071
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:20:11
Contribuição: Os ensaios devem ser realizados utilizando-se a ponte de alimentação mostrada na Figura 4 do Anexo. A linha artificial deve obedecer ao previsto na Figura 5 do Anexo, com a célula simulando uma linha telefônica de condutor de 0,40 mm de diâmetro, Resistência de 280 ohm/km e Capacitância de 50 nF/km.
Justificativa: Verificar alterações nas figuras.
 Item:  X
X - repetir os incisos VII e VIII com Vbat = 100 V e Rf = 0 ohm;
Contribuição N°: 32
ID da Contribuição: 18072
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:20:11
Contribuição: Exclui.
Justificativa: No art. 30 item II especifica o teste com 48Vcc.
 Item:  IV
IV - ajustar Vg para que Vt = 70 Vef;
Contribuição N°: 33
ID da Contribuição: 18073
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:20:11
Contribuição: ajustar Vg para que Vt(ac) = 70 Vef;
Justificativa: Definir o modo leitura do medidor de valor eficaz para somente o sinal ac presente na linha. Se medirmos o valor eficaz total, teremos uma parcela muito menor do que 70Vac.
 Item:  III
III - ajustar Vg para que Vt = 0,388 Vef;
Contribuição N°: 34
ID da Contribuição: 18074
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:20:11
Contribuição: ajustar Vg para que Vt(ac) = 0,388 Vef;
Justificativa: Definir o modo leitura do medidor de valor eficaz para somente o sinal ac presente na linha.
 Item:  V
V - medir a tensão Vi utilizando um medidor seletivo de alta impedância de entrada (maior ou igual a 50 kohms), sintonizado na mesma freqüência do gerador, com largura de banda menor ou igual a 25 Hz;
Contribuição N°: 35
ID da Contribuição: 18075
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:20:11
Contribuição: medir a tensão Vi utilizando um medidor de alta impedância de entrada (maior ou igual a 50 kohms);
Justificativa: Esta medida pode ser realizada com o medidor de banda larga.
 Item:  VI
VI - calcular o módulo da impedância do equipamento terminal, para todas as freqüências medidas, por meio da seguinte equação:
Contribuição N°: 36
ID da Contribuição: 18076
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:26:49
Contribuição: Utilizando as frequencias de 300Hz, 600Hz, 1000Hz, 1600Hz, 2000Hz, 2400Hz, 3400Hz calcular o módulo da impedância do equipamento terminal, para todas as freqüências medidas, por meio da seguinte equação:
Justificativa: Definir as frequencias, pois é impraticavel o calculo em todas as frequencias. Definir a equação, pois não foi apresentada.
 Item:  VIII
VIII - calcular o Balanceamento Longitudinal - BAL por meio da equação abaixo, para Vg e Vt medidos em Volts eficaz:
Contribuição N°: 37
ID da Contribuição: 18077
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:26:49
Contribuição: calcular o Balanceamento Longitudinal - BAL por meio da equação abaixo, para Vg e Vt medidos em Volts eficaz:
Justificativa: Definir a equação, pois não foi apresentada.
 Item:  IX
IX - repetir os incisos II ao VII mantendo o equipamento na condição de enlace fechado e sem enviar sinal. No caso de terminal de voz, realizar as medições com o monofone fora do gancho, manter o monofone em local com baixo ruído ambiente [menor ou igual a 40 dB SPL(A)] ou substituir a cápsula transmissora pela sua impedância equivalente. Manter a cápsula receptora acoplada ao ouvido artificial, conforme IEC-318;
Contribuição N°: 38
ID da Contribuição: 18078
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:26:49
Contribuição: repetir os incisos II ao VII mantendo o equipamento na condição de enlace fechado e sem enviar sinal. No caso de terminal de voz, realizar as medições com o monofone fora do gancho, manter o monofone em local com baixo ruído ambiente [menor ou igual a 40 dB SPL(A)] ou substituir a cápsula transmissora pela sua impedância equivalente a 1KHz. Manter a cápsula receptora acoplada ao ouvido artificial, conforme IEC-318;
Justificativa: As capsulas transmissoras tem sua impedancia alterada de acordo com a frequencia.
 Item:  II
II - manter o equipamento terminal na condição de enlace fechado e sem enviar sinal. No caso de terminal de voz, realizar as medições com o monofone fora do gancho, manter o monofone em local com baixo ruído ambiente [menor ou igual a 40 dB SPL(A)] ou substituir a cápsula transmissora pela sua impedância equivalente. Manter a cápsula receptora acoplada ao ouvido artificial, conforme a Norma IEC-318;
Contribuição N°: 39
ID da Contribuição: 18079
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:26:49
Contribuição: manter o equipamento terminal na condição de enlace fechado e sem enviar sinal. No caso de terminal de voz, realizar as medições com o monofone fora do gancho, manter o monofone em local com baixo ruído ambiente [menor ou igual a 40 dB SPL(A)] ou substituir a cápsula transmissora pela sua impedância equivalente a 1KHz. Manter a cápsula receptora acoplada ao ouvido artificial, conforme a Norma IEC-318;
Justificativa: As capsulas transmissoras tem sua impedancia alterada de acordo com a frequencia.
 Item:  IV
IV - variar a freqüência do gerador na faixa de 300 Hz a 3400 Hz;
Contribuição N°: 40
ID da Contribuição: 18080
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:26:49
Contribuição: variar a freqüência do gerador em 300Hz, 600Hz, 1000Hz, 1600Hz, 2000Hz, 2400Hz, 3400Hz ;
Justificativa: Definir as frequencias, pois é impraticavel o calculo em todas as frequencias.
 Item:  V
V - medir as tensões Vt1 e Vt2 utilizando um medidor seletivo balanceado, de alta impedância de entrada (maior ou igual a 50 kohms), sintonizado na mesma freqüência do gerador, com largura de banda menor ou igual a 25 Hz;
Contribuição N°: 41
ID da Contribuição: 18081
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:37:08
Contribuição: medir as tensões Vt1 e Vt2 utilizando um medidor alta impedância de entrada (maior ou igual a 50 kohms);
Justificativa: A medida pode ser feita em banda larga.
 Item:  VII
VII - repetir este procedimento para toda a faixa de freqüência de voz, com a corrente de enlace If ajustada (por meio de Rf) para 20 mA e a máxima corrente de enlace possível;
Contribuição N°: 42
ID da Contribuição: 18082
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:37:08
Contribuição: repetir este procedimento para a faixa de freqüência definida anteriormente, com a corrente de enlace If ajustada (por meio de Rf) para corrente de enlace de 3Km do aparelho e a máxima corrente de enlace possível;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  IV
IV - configurar o equipamento terminal para manter o enlace fechado, sem enviar sinal. No caso de terminal de voz, realizar as medições com o monofone fora do gancho, manter o monofone em local com baixo ruído ambiente [menor ou igual a 40 dB SPL(A)] ou substituir a cápsula transmissora pela sua impedância equivalente. Manter a cápsula receptora acoplada ao ouvido artificial, conforme IEC-318;
Contribuição N°: 43
ID da Contribuição: 18121
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:34:56
Contribuição: configurar o equipamento terminal para manter o enlace fechado, sem enviar sinal. No caso de terminal de voz, realizar as medições com o monofone fora do gancho, manter o monofone em local com baixo ruído ambiente [menor ou igual a 40 dB SPL(A)] ou substituir a cápsula transmissora pela sua impedância equivalente a 1KHz. Manter a cápsula receptora acoplada ao ouvido artificial, conforme IEC-318;
Justificativa: As capsulas transmissoras variam sua impedancia de acordo a frequencia utilizada.
 Item:  V
V - medir o ruído psofométrico com corrente de 20 mA e na máxima corrente de enlace possível (ajustar por meio de Rf);
Contribuição N°: 44
ID da Contribuição: 18083
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:37:08
Contribuição: medir o ruído psofométrico com corrente de enlace de 3Km do aparelho e na máxima corrente de enlace possível (ajustar por meio de Rf);
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  I
I - ajustar Rf para que a corrente de enlace If seja de 20 mA;
Contribuição N°: 45
ID da Contribuição: 18084
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:37:08
Contribuição: ajustar Rf para que a corrente de enlace If seja a corrente de enlace de 3Km do aparelho;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  VII
VII - medir a tensão Va e calcular a corrente durante a abertura do enlace, por meio da seguinte equação:
Contribuição N°: 46
ID da Contribuição: 18085
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:37:08
Contribuição: medir a tensão Va e calcular a corrente durante a abertura do enlace, por meio da seguinte equação:
Justificativa: A equação não foi apresentada.
 Item:  II
II - ajustar Rf para que a corrente de enlace If seja de 20 mA;
Contribuição N°: 47
ID da Contribuição: 18086
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:41:22
Contribuição: ajustar Rf para que a corrente de enlace If seja a corrente de enlace de 3Km do aparelho;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
Contribuição N°: 48
ID da Contribuição: 18087
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:41:22
Contribuição: ajustar Rf para que a corrente de enlace If seja a corrente de enlace de 3Km do aparelho;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  Art. 98
Art. 98. Para verificação do acionamento do aviso sonoro, utilizar a montagem da Figura 7b do Anexo e executar o seguinte procedimento:
Contribuição N°: 49
ID da Contribuição: 18088
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:36:01
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  III
III - ajustar Vg para que Vt = 90 Vef;
Contribuição N°: 50
ID da Contribuição: 18089
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:36:01
Contribuição: ajustar Vg para que Vt(ac) = 90 Vef;
Justificativa: Definir o tipo de leitura do medidor para garantir que a medida seja somente do sinal ac do toque de chamada.
 Item:  IV
IV - verificar se o aviso sonoro é acionada com a freqüência do gerador variando na faixa de 15 Hz a 30 Hz;
Contribuição N°: 51
ID da Contribuição: 18090
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:36:01
Contribuição: verificar se o aviso sonoro é acionada com a freqüência do gerador variando na faixa de 15 Hz a 66 Hz;
Justificativa: Conforme contribuição do art. 11 item II.
Contribuição N°: 52
ID da Contribuição: 17770
Autor da Contribuição: sanroma
Data da Contribuição: 25/05/2004 17:55:14
Contribuição: IV - verificar se o aviso sonoro é acionado com ...
Justificativa: Concordância verbal
 Item:  V
V - ajustar Vg para que Vt = 70 Vef;
Contribuição N°: 53
ID da Contribuição: 18091
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:36:01
Contribuição: ajustar Vg para que Vt(ac) = 70 Vef;
Justificativa: Definir o tipo de leitura do medidor para garantir que a medida seja somente do sinal ac do toque de chamada.
 Item:  VII
VII - verificar se o aviso sonoro é acionada com a freqüência do gerador variando na faixa de 15 Hz a 30 Hz;
Contribuição N°: 54
ID da Contribuição: 17771
Autor da Contribuição: sanroma
Data da Contribuição: 25/05/2004 17:56:37
Contribuição: VII - verificar se o aviso sonoro é acionado com ...
Justificativa: Concordância verbal
 Item:  III
III - comutar as chaves para a posição 2 e verificar se o equipamento terminal realiza a discagem. Quando a discagem for iniciada, comutar as chaves para a posição 1;
Contribuição N°: 55
ID da Contribuição: 17772
Autor da Contribuição: sanroma
Data da Contribuição: 25/05/2004 17:59:40
Contribuição: ... se o equipamento terminal realiza a marcação. Quando a marcação for iniciada ...
Justificativa: Compatibilização com a regulamentação existente
 Item:  IV
IV - quando a discagem terminar, comutar as chaves para a posição 2, com o gerador emitindo o sinal na freqüência e cadência do sinal de ocupado e verificar com o osciloscópio se o equipamento reconhece o sinal de ocupado;
Contribuição N°: 56
ID da Contribuição: 17773
Autor da Contribuição: sanroma
Data da Contribuição: 25/05/2004 18:01:22
Contribuição: IV - quando a marcação terminar, comutar ...
Justificativa: Compatibilização com a regulamentação existente
 Item:  Art. 113
Art. 113. Para a verificação do reconhecimento da categoria e do número do acesso chamador, utilizar a montagem da Figura 43 do Anexo e executar o seguinte procedimento:
Contribuição N°: 57
ID da Contribuição: 18092
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:48:24
Contribuição: Para a verificação do reconhecimento da categoria e do número do acesso chamador, utilizar a montagem da Figura 43 do Anexo e executar o seguinte procedimento:
Justificativa: .
 Item:  I
I - fechar a chave S2 e abrir a chave S1. Programar o gerador de sinalização FSK G1 para gerar sinalização nas seguintes condições: sinal marca 1300 Hz, e sinal espaço 2100 Hz, ambos com nível de 25 dBV cada um;
Contribuição N°: 58
ID da Contribuição: 18093
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:36:01
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  II
II - enviar a sinalização FSK variando a programação da categoria do assinante chamador, de tal forma que em cada seqüência seja enviado um tipo de categoria de assinante chamador, cobrindo todas as possibilidades indicadas na Tabela 7;
Contribuição N°: 59
ID da Contribuição: 18094
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:37:47
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  Art. 115
Art. 115. Para a verificação do funcionamento do identificador de chamadas em enlace fechado, executar o seguinte procedimento:
Contribuição N°: 60
ID da Contribuição: 18095
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:48:24
Contribuição: Para a verificação do funcionamento do identificador de chamadas em enlace fechado, executar o seguinte procedimento:
Justificativa: Pelos motivos apresentados no art. 113, este artigo deve ser opcional. Porém para aplicação deve-se seguir a norma ETS 300 659-2
 Item:  VI
VI - acoplar o monofone ao ouvido artificial;
Contribuição N°: 61
ID da Contribuição: 18096
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:59:55
Contribuição: acoplar o ouvido artificial ao monofone;
Justificativa: Procedimento normal dos laboratorios.
 Item:  V
V - acoplar o monofone ao ouvido artificial;
Contribuição N°: 62
ID da Contribuição: 18125
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:37:47
Contribuição: acoplar o ouvido artificial ao monofone;
Justificativa: Os setup é montado desta forma hoje.
 Item:  Art. 121
Art. 121. Para medição da resposta em freqüência de emissão, utilizar a montagem da Figura 21 do Anexo e executar o seguinte procedimento
Contribuição N°: 63
ID da Contribuição: 18097
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:37:47
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  IV
IV - medir a resposta em freqüência de emissão na faixa de 100 Hz a 8 kHz;
Contribuição N°: 64
ID da Contribuição: 18098
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:59:55
Contribuição: medir a resposta em freqüência de emissão na faixa de 100 Hz a 8 kHz, aplicando uma pressão acustica de 0,58Pa (-4,7 dBPa) no ponto de referencia da boca;
Justificativa: Definir qual o indice do sinal aplicado.
 Item:  Art. 122
Art. 122. Para medição da resposta em freqüência de recepção, utilizar a montagem da Figura 22 do Anexo e executar o seguinte procedimento:
Contribuição N°: 65
ID da Contribuição: 18099
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:37:47
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  IV
IV - medir a resposta em freqüência de recepção na faixa de 100 Hz a 8 kHz;
Contribuição N°: 66
ID da Contribuição: 18122
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:37:47
Contribuição: medir a resposta em freqüência de recepção na faixa de 100 Hz a 8 kHz, com a saida do gerador ajustada para 0,25 Vef (-12dBV);
Justificativa: Definir qual o indice do sinal aplicado.
Contribuição N°: 67
ID da Contribuição: 18100
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 14:59:55
Contribuição: ajustar RF para que a corrente de enlace seja de 3Km do aparelho;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  III
III - ajustar Rf para que a corrente de enlace seja de 20 mA;
Contribuição N°: 68
ID da Contribuição: 18101
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:25:18
Contribuição: ajustar Rf para que a corrente de enlace seja a corrente de enlace de 3Km do aparelho;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  IV
IV - medir o ruído de recepção ajustando o valor de Rf para que a corrente de enlace If varie entre 20 mA e a máxima corrente de enlace possível;
Contribuição N°: 69
ID da Contribuição: 18102
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:25:18
Contribuição: medir o ruído de recepção ajustando o valor de Rf para que a corrente de enlace If varie entre a corrente de enlace de 3Km do aparelho e a máxima corrente de enlace possível;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  III
III - medir o ruído psofométrico ajustando o valor de Rf para que a corrente de enlace If varie entre 20 mA e a máxima corrente de enlace possível;
Contribuição N°: 70
ID da Contribuição: 18103
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:25:18
Contribuição: medir o ruído psofométrico ajustando o valor de Rf para que a corrente de enlace If varie entre a corrente de enlace de 3Km do aparelho e a máxima corrente de enlace possível;
Justificativa: Todas as medidas eletroacusticas são feitas com uma linha até 3Km, sendo que já garatem a boa performace do aparelho.
 Item:  V
V - injetar um sinal acústico na cápsula transmissora, de freqüência diferente das emitidas pela sinalização multifreqüencial;
Contribuição N°: 71
ID da Contribuição: 18104
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:25:18
Contribuição: injetar um sinal acústico na cápsula transmissora de 1KHz;
Justificativa: Definir a frequencia utilizada.
 Item:  Figura 4
Item sem descrição.
Contribuição N°: 72
ID da Contribuição: 18105
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:25:18
Contribuição: Indicar na entrada da fonte como V+ e V-.
Justificativa: Definir claramente as entradas da ponte de alimentação.
 Item:  Figura 5
Item sem descrição.
Contribuição N°: 73
ID da Contribuição: 18106
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:31:31
Contribuição: Manter o capacitor de 50nF no centro da associação.
Justificativa: Manter o que já é utilizado hoje.
 Item:  Figura 6
Item sem descrição.
Contribuição N°: 74
ID da Contribuição: 18107
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:31:31
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 8
Item sem descrição.
Contribuição N°: 75
ID da Contribuição: 18108
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:31:31
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 9
Item sem descrição.
Contribuição N°: 76
ID da Contribuição: 18109
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:31:31
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 10
Item sem descrição.
Contribuição N°: 77
ID da Contribuição: 18110
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:31:31
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 12
Item sem descrição.
Contribuição N°: 78
ID da Contribuição: 18111
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:33:23
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 13
Item sem descrição.
Contribuição N°: 79
ID da Contribuição: 18112
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:38:08
Contribuição: .
Justificativa: .
 Item:  Figura 21
Item sem descrição.
Contribuição N°: 80
ID da Contribuição: 18113
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:33:23
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 22
Item sem descrição.
Contribuição N°: 81
ID da Contribuição: 18114
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:33:23
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 23
Item sem descrição.
Contribuição N°: 82
ID da Contribuição: 18115
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:33:23
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 24
Item sem descrição.
Contribuição N°: 83
ID da Contribuição: 18116
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:37:17
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 25
Item sem descrição.
Contribuição N°: 84
ID da Contribuição: 18117
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:37:18
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 28
Item sem descrição.
Contribuição N°: 85
ID da Contribuição: 18118
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:37:18
Contribuição: Atualizar o desenho da ponte de alimentação.
Justificativa: Conforme contribuição da Figura 4.
 Item:  Figura 43
Item sem descrição.
Contribuição N°: 86
ID da Contribuição: 18119
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 18/06/2004 15:37:18
Contribuição: Utilizar a ponte de alimentação neste desenho também.
Justificativa: Unificar o circuito de alimentação.
 Item:  Tabela 1
Item sem descrição.
Contribuição N°: 87
ID da Contribuição: 17774
Autor da Contribuição: sanroma
Data da Contribuição: 25/05/2004 18:06:36
Contribuição: Acrecentar o Sinal de Chamada conforme as características citadas no artigo 11.
Justificativa: Coerência interna do documento
 Item:  Tabela 3
Item sem descrição.
Contribuição N°: 88
ID da Contribuição: 18120
Autor da Contribuição: barboza
Data da Contribuição: 21/06/2004 17:38:08
Contribuição: .
Justificativa: .