Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data: 10/08/2022 10:49:57
 Total de Contribuições:4

CONSULTA PÚBLICA Nº 394


 Item:  Inclusão PBTV
Contribuição N°: 1
ID da Contribuição: 11535
Autor da Contribuição: silva jr
Data da Contribuição: 27/07/2002 10:50:51
Contribuição: faço uma pergunta ? se lavras ja tem um canal educativo , com uma populacao de 70 mil habitantes , por que mais uma emissora de tv ? sera por interesse politico ?
Justificativa: acredito que a cidade ja ser bem atendida pelo serviço , tendo uma emissora que ja e geradora e atende as nescessidades da cidade e é apoiada por uma grande UNIVERSIDADE FEDERAL / UFLA.
Contribuição N°: 2
ID da Contribuição: 11632
Autor da Contribuição: JANDER
Data da Contribuição: 12/08/2002 18:33:48
Contribuição:
Justificativa:
 Item:  Alteração PBRTV Situação Pretendida
Item sem descrição.
Contribuição N°: 3
ID da Contribuição: 11622
Autor da Contribuição: TASKTOP
Data da Contribuição: 09/08/2002 11:48:29
Contribuição: ANATEL - Agência Nacional de Telecomunicações Superintendência de Serviços de Comunicação de Massa Ref.: Consulta Pública n 394 de 12 de julho de 2002 FUNDAÇÃO JOÃO PAULO II, concessionária do Serviço de Radiodifusão de Sons e Imagens na cidade de Aracaju, Estado de Sergipe e Cachoeira Paulista, Estado de São Paulo, frente a Consulta Pública em referência , que propõe no item 3, proposta de alteração de características técnicas de canais do plano PBRTV para comentários púbico, vem a presença de Vossa Senhoria manifestar-se para com relação canal 18E da localidade de Santa Vitória / MG, sejam consideradas as seguintes ponderações: Verificamos que as novas coordenadas propostas para o canal 18 E já outorgado, com reserva datada de 03.07.2002 sendo aprovadas, atenderiam em termos de colinearidade, já que nossa entidade com pedido de reserva que é anterior , 22.06.1999, para inclusão do canal 33- com 1,0 kW de ERP, encontra-se em exigência nessa Agência Ofício n 641/2002/CMPRR Anatel, por este motivo. Com relação as coordenadas , poderíamos inclusive vir a compartilhar a mesma torre. A nossa preocupação entretanto, se refere a potência do canal 33- , que conforme a tabela 11 do item 5.2 da Resolução 284 de 07.12.2001, interferência Imagem de Vídeo, teríamos que ter uma relação de proteção de 3 dB abaixo da potência proposta pelo canal 18E. Ficando a ERP para o canal 33- abaixo do ideal de cobertura para a localidade em questão.
Justificativa: Solicitamos dessa Agência, que seja revista a proposta, no que se refere a potência do Canal 18 E, para que esta seja aumentada para um valor tal que preveja uma potência suficiente para o canal 33- cobrir com o segundo contorno o total da área urbana da localidade, conforme a norma.
 Item:  Alteração PBRTV Situação Pretendida Limitações
Item sem descrição.
Contribuição N°: 4
ID da Contribuição: 11664
Autor da Contribuição: tvb
Data da Contribuição: 14/08/2002 16:09:55
Contribuição: Campinas, 14 de agosto de 2002. À AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES SAUS Quadra 06 Bloco H 2 andar Biblioteca 70070-940 BRASÍLIA-DF CONSULTA PÚBLICA N. 394, DE 12 DE JULHO DE 2002. TELEVISÃO PRINCESA D OESTE DE CAMPINAS LTDA., concessionária do serviço de radiodifusão em som e imagem, canal 06-, na cidade de Campinas, Estado de São Paulo, por seus representantes legais, infra-assinados, vêm com todo acatamento, manifestar-se a respeito da Consulta Pública acima, no que se refere à proposta de alteração de características técnicas do canal 10+E, de Campinas / SP, do PBRTV, o que o faz pelas razões a seguir aduzidas: - Situação atual: UF: SP Localidade: Campinas Latitude: 22S5333 Longitude: 47W0455 ERP(kW): 5,000 Limitação: Azimute: 147 NV ERP(kW): 1,000 - Situação proposta: UF: SP Localidade: Campinas Latitude: 22S5333 Longitude: 47W0455 ERP(kW): 75,000 Limitação: Azimute: 270 NV a 350 NV ERP(kW): 5,000 Azimute: 355 NV a 117 NV ERP(kW): 45,000 Observação: 22S5333 47W0455 Tendo em vista que a limitação proposta no canal 10+E, de Campinas / SP, no ângulo 270 NV a 350 NV, engloba a região de Artemis / SP, onde esta concessionária detém a outorga do canal 10-, conforme Processo n . 53830.001916 / 94, vimos manifestar a nossa preocupação, pois poderão ocorrer interferências prejudiciais na nossa área de cobertura. Esta concessionária invoca o direito de apresentar subsídios técnicos justificadores da preocupação ora suscitada, o que, se necessário, serão apresentados em um prazo não superior a 20(vinte) dias. Na expectativa de que seja revista a proposta de alteração do canal em questão, colocamo-nos à disposição para novos esclarecimentos. AMAURI BARBOSA LIMA WORMS JOSÉ ROBERTO DE MOURA CUNHA Diretor Superintendente Diretor Administrativo e Financeiro
Justificativa: Campinas, 14 de agosto de 2002. À AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES SAUS Quadra 06 Bloco H 2 andar Biblioteca 70070-940 BRASÍLIA-DF CONSULTA PÚBLICA N. 394, DE 12 DE JULHO DE 2002. TELEVISÃO PRINCESA D OESTE DE CAMPINAS LTDA., concessionária do serviço de radiodifusão em som e imagem, canal 06-, na cidade de Campinas, Estado de São Paulo, por seus representantes legais, infra-assinados, vêm com todo acatamento, manifestar-se a respeito da Consulta Pública acima, no que se refere à proposta de alteração de características técnicas do canal 10+E, de Campinas / SP, do PBRTV, o que o faz pelas razões a seguir aduzidas: - Situação atual: UF: SP Localidade: Campinas Latitude: 22S5333 Longitude: 47W0455 ERP(kW): 5,000 Limitação: Azimute: 147 NV ERP(kW): 1,000 - Situação proposta: UF: SP Localidade: Campinas Latitude: 22S5333 Longitude: 47W0455 ERP(kW): 75,000 Limitação: Azimute: 270 NV a 350 NV ERP(kW): 5,000 Azimute: 355 NV a 117 NV ERP(kW): 45,000 Observação: 22S5333 47W0455 Tendo em vista que a limitação proposta no canal 10+E, de Campinas / SP, no ângulo 270 NV a 350 NV, engloba a região de Artemis / SP, onde esta concessionária detém a outorga do canal 10-, conforme Processo n . 53830.001916 / 94, vimos manifestar a nossa preocupação, pois poderão ocorrer interferências prejudiciais na nossa área de cobertura. Esta concessionária invoca o direito de apresentar subsídios técnicos justificadores da preocupação ora suscitada, o que, se necessário, serão apresentados em um prazo não superior a 20(vinte) dias. Na expectativa de que seja revista a proposta de alteração do canal em questão, colocamo-nos à disposição para novos esclarecimentos. AMAURI BARBOSA LIMA WORMS JOSÉ ROBERTO DE MOURA CUNHA Diretor Superintendente Diretor Administrativo e Financeiro