Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data: 08/08/2022 02:08:43
 Total de Contribuições:8

CONSULTA PÚBLICA Nº 33


 Item:  Anexo I - Alteração PRRadcom
Contribuição N°: 1
ID da Contribuição: 84049
Autor da Contribuição: Lair conceição
Data da Contribuição: 10/10/2018 20:01:36
Contribuição:

Tomei conhecimento  desta consulta publica  para mudança de do canal 300 para o canal 200  a qual abrira espaço de canal para uma radio  Clase C , me posiciono ao contrario.

Justificativa:

Devido  aos inumeros  prejuizos tecnicos e financeiro,  como troca de Transmissor e antena  , manutenteção tecnica e ainda mudanças de  spote e vinhetas uniformess e a ainda  gasto com a divulgação do novo canal.

Contribuição N°: 2
ID da Contribuição: 84051
Autor da Contribuição: JOSE AUGUSTO VIEIRA DA SILVA
Data da Contribuição: 11/10/2018 19:16:22
Contribuição:

Tomamos conhecimento da consulta pública sobre a concessão do canal 300, frequência a rádio São Carlos AM, autorizada a operar como classe c, previsto  noAnexo I Alteração PRRadCom, que trata da alteração de canal e freqüência de transmissão em FM, na emissora “ENCANTO DO PLANALTO” localizada na cidade de IBATÉ, Estado de São Paulo” que há mais de 10 anos vem utilizando o canal 300, freqüência 107,9, por concessão da ANATEL,desta forma, se for autorizada concessão do CANAL 300, à Rádio São Carlos AM, para operar na frequência 107,9  como Classe C , fatalmente  causará dano irreparável nos trabalhos na Emissora que está localizada na cidade de Ibaté, Estado de São Paulo,  que está localizado aproximadamente 12 kms. Da cidade de São Carlos, deste Estado, a qual está dirigida a consulta pública, de interesse da Rádio São Carlos AM.

A mudança do canal 300, frequência 107,9, causará danos irreparáveis a Rádio Comunitária Encanto do Planalto, que está operando na cidade de Ibaté (SP), de ordem técnica, artística e operacional, prejudicando a população que se utiliza dos serviços da mesma sintonizando a freqüência de 107,9.

Diante do exposto não concordamos com os termos da consulta pública direcionada à cidade de São Carlos, que pretende outorgar o canal 300,frequência 107,9 à Rádio São Carlos AM, que será autorizada a operar como classe C,  cujo ato passa a gerar prejuízos à RÁDIO COMUNITÁRIA ENCANTO DO PLANALTO, localizada na cidade de Ibaté, estado de São Paulo, que terá encerrada suas atividades vez que a irradiação da emissora classe c, que postula o canal 300, freqüência, irá cobrir a irradiação da rádio comunitária.

A permanência do Canal 300, Frequência 107,9 para a Rádio Comunitária de Ibaté (SP), é direito adquirido e aguarda-se pela sua manutenção.

Justificativa:

A alteração do canal 300, freqüência para a Rádio São Carlos AM,  localizada na cidade de São Carlos (SP),  irá causar irreparáveis prejuízos a nós, da Rádio Comunitária ENCANTO DO PLANALTO, que opera na cidade de Ibaté, estado de São Paulo através do canal 300, freqüência 107,9,  por concessão no ano de 2007.

Justifica-se sermos contrario a mudança de canal e freqüência em razão de haver necessidade de mudança de equipamentos, causando enorme prejuízo financeiro a Associação Comunitária de Comunicação e Cultura de Ibaté.

A Associação Comunitária de Comunicação e Cultura de Ibaté está há 10 anos no ar¨ desenvolvendo e realizando trabalhos  e contribuindo com os órgãos públicos, entidades sociais e toda sociedade e tal mudança causara transtornos de comunicação e explicação de mudanças na freqüência da mesma.

Também haverá prejuízo na parte artística, plástica e mídias, pois há 10 anos é utilizado o canal e freqüência na divulgação e chamamentos na cidade.

Se houver a alteração do canal 300, frequência da Rádio Comunitária Encanto do Planalto, que somos contrários, haverá necessidade de mudança de toda mídia da emissora, bem como todo material existente onde é explicito a divulgação de freqüência e canal da emissora.

Os 10 anos de trabalho junto a comunidade fez a Rádio Comunitária Encanto do Planalto ser conhecida e sintonizada na Frequência 107,9,  com o Slogan  Planalto 107,9, sendo que a freqüência hoje está intrinsecamente relacionada ao nome da emissora.

Contribuição N°: 3
ID da Contribuição: 84329
Autor da Contribuição: JOSE PINHEIRO
Data da Contribuição: 11/10/2018 19:16:45
Contribuição:

CONTRIBUICAO:

Considerando a Consulta Pública nº 33, publicada no dia 03/10/2018, que trata da Proposta de Alteração dos Planos Básicos de Distribuição de Canais de Retransmissão de TV-PBRTV, de Televisão Digital, PBTVD, de Radiodifusão Sonora em Frequência Modulada PBFM, de Radiodifusão Sonora Onda Média – PBOM e do Plano de Referência para Distribuição de Canais de Serviço de Radiodifusão Comunitária  PRRadCom, constante dos Autos do Processo 53500.044483/2018-17 que propõe a alteração  do Canal 300, frequência 107,9,  concedido às Rádios Comunitárias de São Carlos, Estado de São Paulo, para atender solicitação da emissora AM classificada como CLASSE C,  também localizada na cidade de São Carlos (SP),  entretanto, referida autorização e alteração irá prejudicar a Rádio Comunitária com outorga concedida no ano de 2005, portanto, operando há mais de 10 anos, no  Canal 300, com a frequência 107,9, conhecida na cidade como Comunicativa FM, 107,9.

Considerando os investimentos realizados, a divulgação e consolidação da Rádio  Comunitária 107,9 como veículo de comunicação com reconhecimento nos órgãos públicos e privados como uma emissora que presta relevantes serviços à comunidade, nos termos da legislação específica, nossa contribuição é fundamentada em dois importantes pilares.  O primeiro tem por finalidade cumprimentar os  senhores técnicos, Diretoria e Superintendência da ANATEL pelo procedimento de transparência adotada para o presente caso e, o segundo pilar vem  no sentido de sensibilizá-los quanto ao problema que será causado à Associação de Radiodifusão Comunitária Cidade do Clima FM, que recebeu a outorga da Concessão  no ano de 2005, para operar a Rádio Comunitária  com o Canal 300, na frequência 107,9, aguardando seja a presente Consulta Pública anulada.

Pelos motivos expostos, somos obrigados a não concordar com a Consulta Pública nº 33, esperando seja a mesma anulada e/ou emitida nova Consulta Pública para fins de conceder outro Canal e frequência à emissora AM, que postula a migração para a Classe C,  sem gerar colidência ou extinção do Canal 300, frequência 107,9, ora utilizados pelas Rádios Comunitárias de São Carlos, detentoras de direito adquirido, que sofrerá enormes prejuízos em decorrência de uma potência infinitamente superior àquela concedida à ora requerente.

Face o expendido, não concordamos a Consulta Pública nº 33, que propõe o cancelamento do canal 300, Frequência 107,9  hoje utilizado pelas Rádios Comunitárias de São Carlos (SP), transferindo-os à Rádio São Carlos AM, para operar como Classe C, gerando prejuízos irreparáveis à RÁDIO COMUNICATIVA FM, 107,9,  ambas localizadas na cidade de São Carlos, Estado de São Paulo.

Assim decidindo, anulando a Consulta Pública nº 33,  prevista no Anexo I, da ANATEL,  estará essa agencia distribuindo o Direito e a Justiça.

 
Justificativa:

JUSTIFICATIVA

Prezados Senhores,

A implantação de uma emissora de rádio para fins de utilização em benefício de uma comunidade procurando desenvolver projetos, informações, cultura, educação, entre outros, é um caminho muito difícil de percorrer, cujos resultados só aparecerão depois de uma década,  com consolidação do Canal e frequência que permite fidelizar o ouvinte.

Passados os anos, e receber a noticia através da Consulta Pública nº 33, que propõe a retirada do Canal 300  e Frequência 107,9 da Rádios Comunitárias, para concede-los as demais rádios que possuem a Classe C,  se concretizada a proposta as Rádios Comunitárias sofrerão enormes prejuízos com compras de novos equipamentos  e despesas de ordem geral,  tais como novas gravações (mídias) com o canal e freqüência propostas, para fins de prestação de serviços aos

Por, fim, acreditamos que estar no ar há mais de 10 levando aos ouvintes as mais diversas informações e entretenimento com a Frequência 107,9, que já é amplamente difundida e conhecida pelos ouvintes da comunidade,  torna-se pertinente a justificativa ora apresentada, para fins de ser anulada e/ou revogada a Consulta nº 33, mantendo-se o Canal 300 e Frequência 107,9 para as Rádios Comunitárias e, consequentemente, seja expedido uma nova Consulta Pública para fins de concedido novo canal e frequência para as emissoras que estão migrando para a Classe C,  como medida de Direito e Justiça.

 
 Item:  Anexo II - Inclusão/Exclusão PBFM
Plano Básico de Distribuição de Canais de Radiodifusão Sonora em Frequência Modulada (PBFM)
Item UF Município Situação Canal Coordenadas Classe Limitação Observações
Latitude Longitude Azimute ( º ) Redução (dB)
Inicial Final
70 PR Londrina P 203 23°17& 39;24& 39;& 39; S 51°12& 39;36& 39;& 39; W A4 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 23S1724; 51W1236
71 PR Londrina P 213 23°18& 39;14& 39;& 39; S 51°10& 39;9& 39;& 39; W B1 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 23S1844; 51W1009
72 PR Londrina P 219 23°18& 39;31& 39;& 39; S 51°10& 39;41& 39;& 39; W A4 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 23S1831; 51W1041.
73 PR Londrina P 262 23°17& 39;58& 39;& 39; S 51°11& 39;2& 39;& 39; W A4 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 23S1758; 51W1102.
74 PR Londrina P 265 23°17& 39;58& 39;& 39; S 51°11& 39;2& 39;& 39; W A4 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 23S1758; 51W1102.
75 PR Londrina P 292 23°18& 39;37& 39;& 39; S 51°9& 39;46& 39;& 39; W A4 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 23S1837; 51W0946.
76 PR Piraquara P 252 25°27& 39;40& 39;& 39; S 49°4& 39;3& 39;& 39; W A4 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 25S2740;49W0403.
77 SC Balneário Camboriú P 211 27°1& 39;6& 39;& 39; S 48°35& 39;20& 39;& 39; W A4 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 27S0106; 48W3520.
78 SC Porto União P 276 26°14& 39;42& 39;& 39; S 51°4& 39;33& 39;& 39; W A4 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré-fixadas 26S1442; 51W0433
79 SC Tangará P 265 27°5& 39;59& 39;& 39; S 51°14& 39;50& 39;& 39; W C - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré-fixadas 27S0559; 51W1450
80 SC Tubarão P 203 28°31& 39;19& 39;& 39; S 48°59& 39;8& 39;& 39; W A4 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 28S3119; 48W5908.
81 SC Tubarão P 235 28°31& 39;19& 39;& 39; S 48°59& 39;8& 39;& 39; W A3 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 28S3119; 48W5908.
82 SC Tubarão P 285 28°31& 39;19& 39;& 39; S 48°59& 39;8& 39;& 39; W A1 - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 28S3119; 48W5908.
83 SP São Carlos P 205 22°0& 39;42& 39;& 39; S 47°53& 39;22& 39;& 39; W B1 130 165 10 Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 22S0042; 47W5322.
84 SP São Carlos P 216 22°0& 39;42& 39;& 39; S 47°53& 39;22& 39;& 39; W B1 105 150 10 Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 22S0042; 47W5322.
85 SP São Carlos P 300 22°0& 39;42& 39;& 39; S 47°53& 39;22& 39;& 39; W C - - - Canal planejado em atendimento ao Decreto 8.139/2013. Coordenadas pré fixadas 22S0042; 47W5322.
86 PR Apucarana EXC 292 23°34& 39;00& 39;& 39; S 51°28& 39;00& 39;& 39; W C        
87 PR Bela Vista do Paraíso EXC 204 22°59& 39;48& 39;& 39; S 51°11& 39;26& 39;& 39; W C        
88 PR Cambé EXC 219 23°16& 39;33& 39;& 39; S 51°16& 39;42& 39;& 39; W C        
89 PR Cambé EXC 265 23°16& 39;33& 39;& 39; S 51°16& 39;42& 39;& 39; W A4        
90 PR Ibiporã EXC 262 23°16& 39;10& 39;& 39; S 51°02& 39;51& 39;& 39; W A3        
91 SP Nantes EXC 219 22°37& 39;14& 39;& 39; S 51°14& 39;13& 39;& 39; W C        
92 PR Porecatu EXC 203 22°45& 39;21& 39;& 39; S 51°22& 39;45& 39;& 39; W C        
93 PR Rio Bom EXC 203 23°45& 39;44& 39;& 39; S 51°24& 39;38& 39;& 39; W C        
94 PR Santa Amélia EXC 219 23°15& 39;57& 39;& 39; S 50°25& 39;27& 39;& 39; W C        
95 PR São Sebastião do Amoreira EXC 213 23°27& 39;55& 39;& 39; S 50°45& 39;40& 39;& 39; W C        
96 SC Sangão EXC 203 28°38& 39;16& 39;& 39; S 49°7& 39;45& 39;& 39; W C        
97 SC Pedras Grandes EXC 235 28°26& 39;9& 39;& 39; S 49°11& 39;6& 39;& 39; W C        
Contribuição N°: 4
ID da Contribuição: 84043
Autor da Contribuição: YASKARA MARIA GRANGEIRO VIEIRA
Data da Contribuição: 09/10/2018 17:31:34
Contribuição:

ITEM UF MUNICÍPIO                                    SITUAÇÃO CANAL COORDENADAS            CLASSE LIMITAÇÃO OBSERVAÇÕES
31     CE SÃO GONÇALO DO AMARANTE A                   232        3°36& 39;56" S 38°57& 39;39" W    B1               -                    -
31     CE SÃO GONÇALO DO AMARANTE P                   232       3°37& 39;30" S 38°53& 39;55" W    B1               -                    -

Justificativa:

Esta contribuição se deve ao fato de que não foi solicitado mudança/redução na classe da emissora, e que a mesma deve continuar pertecente a classe B1, conforme plano básico atual. A emissora concluiu recentemente um Processo de Aumento de Classe (C para B1) e não pretende retornar para sua classe anterior. 

 

O processo nº 53500.039915/2018-78, que originou a solicitação do item 31 desta Consulta Pública, solicitou APENAS a alteração das coordenadas pré-fixadas no Plano Básico de Radiodifusão de Frequência Modulada no Sistema MOSAICO da Anatel. A solicitação requer que as coordenadas pré-fixadas pelo Sistema passem a ser as seguintes:

Latitude: 3°37& 39;30" S Longitude: 38°53& 39;55" W

 

Solicitamos correção da CLASSE da SITUAÇÃO PROPOSTA do ITEM 31, desta Consulta Pública nº 33, para B1.

 

Contribuição N°: 5
ID da Contribuição: 84044
Autor da Contribuição: JOSE AFONSO SANCHO NETO
Data da Contribuição: 10/10/2018 08:54:54
Contribuição:

Item UF MUNICÍPIO                                    SITUAÇÃO CANAL COORDENADAS              CLASSE LIMITAÇÃO OBSERVAÇÕES
31    CE SÃO GONÇALO DO AMARANTE A                   232      3°36& 39;56" S 38°57& 39;39" W     B1                      -                     -
31    CE SÃO GONÇALO DO AMARANTE P                   232      3°37& 39;30" S 38°53& 39;55" W     B1                      -                     -

Justificativa:

Esta contribuição se deve ao fato de que não foi solicitado mudança/redução na classe da emissora, e que a mesma deve continuar pertecente a classe B1, conforme plano básico atual. A emissora concluiu recentemente um Processo de Aumento de Classe (C para B1) e não pretende retornar para sua classe anterior. 

O processo nº 53500.039915/2018-78, que originou a solicitação do item 31 desta Consulta Pública, solicitou APENAS a alteração das coordenadas pré-fixadas no Plano Básico de Radiodifusão de Frequência Modulada no Sistema MOSAICO da Anatel. A solicitação requer que as coordenadas pré-fixadas pelo Sistema passem a ser as seguintes: 

Latitude: 3°37& 39;30" S Longitude: 38°53& 39;55" W


Solicitamos correção da CLASSE da SITUAÇÃO PROPOSTA do ITEM 31, desta Consulta Pública nº 33, para B1.
 

Contribuição N°: 6
ID da Contribuição: 84045
Autor da Contribuição: ROBINSON DE OLIVEIRA
Data da Contribuição: 10/10/2018 09:52:12
Contribuição:

Somos contra as alterações de  Campo Mourão, União da Vitoria, Florianopolis, Pres. Getulio, Balneario Camboriu, a modificação de seis canis no pbfm para a a cidade de Londrina e tambem as exclusoes de Apucarana, Bela Vista do Paraiso, Duas de Cambe, Ibiporã, Porecatu, Rio Bom,  Santa Amelia e Sao Sebastião da Amoreira.

Justificativa:

Quanto à consulta pública 33/2018, gostaríamos de contribuir com as seguintes observações:

  • A alteração proposta para Campo Mourão no PBFM, canal 209 classe A4, vai provocar interferências danosas no canal de Cruzeiro do Sul Pr. A distancia entre as cidades é de 122 km e a separação exigida pela norma técnica é de 136 km. Na nova coordenada as cidades ( segundo o Siganatel) vão ter visada direta sem obstrução mesmo para alturas pequenas em Campo Mourão ( simulamos 30 metros) uma vez que existe o Vale do Rio Ivai entre elas

  • Somos contra a mudança de classe do canal 231 para classe A3 de União da Vitória. Entre esta estação e a de Ponta Grossa co canal, existem 155 km e a norma exige 181. Como a localização da estação de União da Vitória está em uma montanha de grande altitude, certamente haverão interferências danosas sobre a estação de Ponta Grossa. Por isso somos contra a alteração proposta.

  • Somos contra a mudança do canal 206 de Florianópolis para classe A3. Existe um canal em Ararangua de classe A3, co canal. Apesar da distancia entre as cidades ser exatamente os 175 km exigidos pela norma, o sinal vai correr sobre o mar, e o coeficiente de rugosidade de 50 m estipulado pela norma vai ser em muito ultrapassado. Certamente haverão interferências sobre o sinal de Araranguá e por isso somos contra a mudança proposta para a estação de Florianópolis.

  • Somos contra a mudança de classe de Pres. Getúlio para classe A2. Existem apenas 12 km para o canal de D. Emma, canal 247 e a separação exigida pela norma é de 15 km. Como a estação de Pres. Getúlio está em uma altitude muito grande, deverão haver interferências danosas caso seja autorizada a mudança. O mesmo se aplica a cidade de Irati canal 300.

  • O mesmo se aplica a estação de Taió SC. A proposta vai provocar uma interferência danosa sobre o canal 214 de Rio do Campo SC, que está a 24 km quando deveriam haver 26 km. Apesar da diferença ser pequena isso implica numa diminuição de contorno protegido em uma estação que já tem cobertura pequena, classe C.

  • A consulta publica a pretensão de incluir o canal 211 classe A4 para Balneário Camboriu SC. Essa pretensão visa atender o Decreto 8139. Acontece que foi publicada em julho a consulta para o canal 212 B2 de Tijucas que será prejudicado com esta publicação. Portanto como o canal de Tijucas teve sua consulta publicada primeiro ( apesar de haver uma reserva no site) somos contra a pretensão de inclusão do canal 211 para Balneario Camboriu, situada a 27 km de Tijucas, nos termos em que está a consulta. A separação exigida seria de 48 km e apesar de existirem elevações, não se pode garantir a convivência harmoniosa de ambas as estações.

  • Somos também contra as exclusões de canal de Apucarana, Bela Vista do Paraíso, duas de Cambé, Ibiporã, e Porecatu, todas no Paraná, pois estes canais foram incluídos a pedido de pessoas ou entidades que desejavam executar o serviço de radiodifusão nestas cidades. Como isso hoje é proibido pela legislação, estas cidades vão perder um direito que tinham e não pode ser reposto. Ao contrario de outras inclusões como Rio Bom, Santa Amélia e São Sebastião da Amoreira que foram incluídas indevidamente pelo poder concedente ( na época havia uma norma que proibia esse tipo de inclusão), esses canais foram parar no PBFM por uma decisão de particulares e estes municípios não podem ser penalizados nesse momento para atender um desejo de radiodifusores da cidade de Londrina. Falaremos disso no próximo tópico.

  • A consulta propõe a inclusão de seis canais para Londrina. Londrina tem nove emissoras AM e destas pelo menos oito (podem haver novas habilitações dentro do decreto de 26 de janeiro 2018) se habilitaram no processo de migração de AM para FM. Além de não contemplar todos os interessados, a proposta primeiramente propõe um desmanche no PBFM cancelando vários canais, sendo que alguns deles la estão por iniciativa de particulares ( já mencionado acima). Alem disso existem problemas com estas inclusões.

  • A inclusão do canal 203 para Londrina elimina o canal FM de Porecatu e o 204 de Bela Vista, sem falar no de Rio Bom. Muito estrago para premiar seis de nove estações de Londrina.

  • O canal 219 para Londrina na verdade elimina um canal vago de Cambé alem de outros e tira de Nantes SP, Santa Amélia Pr e Uniflor Pr a oportunidade de terem o serviço de FM em suas cidades.

  • O mesmo ocorre com o canal 262 que é retirado de Ibiporã, cidade limítrofe de Londrina e para sua viabilização afeta os canais de Barbosa Ferraz (muito afetada em face da topografia), Mirante do Paranapanema e Tupã SP. Não seria mais justo usar este canal para promover a migração do canal de AM da cidade de Ibiporã?

  • O canal 265 que se pretende incluir para Londrina, necessita da alteração do 211 de Ibiporã, e afeta os canais de Campo Mourão e Oriente SP. Essa inclusão também vai provocar interferências na região, em especial em Campo Mourão que tem o vale do Rio Ivai entre esta cidade e Londrina.

  • O canal 294 que se pretende incluir para Londrina elimina o 292 de Apucarana e afeta muito o 294 de Londrina.

  • Além disso essa solução para o problema de migração é parcial e tendenciosa, pois cidades na região como Arapongas, Faxinal e Assaí poderiam ser completamente atendidas pois precisam de menos canais que Londrina e estão sendo preteridas nesse momento. Além disso uma cidade como Londrina comportaria ir para a faixa extendida, pois a população teria um grande apelo em comprar os novos rádios desta faixa pois teria nove opções de sintonia. Isso não ocorre em cidades menores como Assai e Arapongas. Fica claro que a decisão desta administração é parcial pois premia uma cidade em particular que teria uma possibilidade maior de adaptação, e pune cidades menores que poderiam ser contempladas nesse momento.

    Assim esperamos ter contribuído para o aprimoramento da consulta publica, e nos dirigimos a sua pessoa por escrito em face do sistema de consultas não ter confirmado nossa contribuição

     

    Robinson de Oliveira

    CREA 14024 Pr

     

     

Contribuição N°: 7
ID da Contribuição: 84050
Autor da Contribuição: Lair conceição
Data da Contribuição: 10/10/2018 20:01:41
Contribuição:

Diante desta consulta publica cumpre- nos informaraos senhores que somos contrario à concessão da re4ferida outorga   da emissora requerente da Classe C em são Carlos sp , para operar em Canal 300  107,9, consonte razo es a Seguir

.1 - Desde 2016 estamos operando por concessão da Autorga numero 000013/2016SP  no canal 300 na frequencia de 107,9  Como Radio Comunitaria RCA

2 - Estamos  Localizados  no Bairro Cidade Aracy em são Carlos SP Prestando Relevante serviço á População dos bairro mcidade Aracy . Presidente collor , Planalto Verde  JD Zavaglia , Antenor Garcia  Novo Mundo e Adjacencias  com uma população estimada em 40 mil Habitantes  em uma localidade situada num Vale de nossa cidade 

 

Justificativa:

Com Essa Mudanção Havera   uma geração de Prejuizo de ordem Tecnica e Financeiro para  Radio RCA , com a mudança de canal  teremos que comprar outra transmissor ou ver se tem como mudar a frequencia  , da mesma forma com a antena e ainda teremos gastos com mão de obra de um tecnico para essa mudança alem  de termos que mudar as vinhetas  spots  plotagens  uniformes  etc..  tudo isso gerando gastos 

por tais Razões não podemos concordar com essa mudança  apresentado nesta consulta publica em andamento de mudança do canal 300 para o canal 200

assimprocedemos esta assegurando os direitos ora manifestante , pr5aticando-se a justiça 

ass.   Lair Conceição

Contribuição N°: 8
ID da Contribuição: 84069
Autor da Contribuição: CHARLES ZUCCHETTI
Data da Contribuição: 11/10/2018 10:41:45
Contribuição:

Alterar a proposta de inclusão do canal 265/C para a localidade de Tangará/SC - que registra interferência com o canal de 1º adjacente de classe B1, para a localidade de Fraiburgo/SC, distante apenas 30 km e da mesma forma, é limitante com o canal 263/A4, canal de migração em Joaçaba/SC, distante apenas 27 km -  pelo canal 282, classe C proposto pela emissora de Tangará, conforme protocolo nº 53528.003688/2016-72, para as coordenadas geográficas 27º 06’ 17” S e 51º 13’ 51” W, local atual da instalação de sua torre de OM.

Justificativa:

A utilização do canal 282/C em Tangará/SC, preserva a operação do canal 265/B1 para a localidade de Fraiburgo/SC e do canal 263/A4 em Joaçaba, viabilizando a utilização do espectro de forma mais racional.

Por esta razão, insistimos na substituição do canal 265 pelo canal 282, mantendo a classe C, para a localidade de Tangará/SC.