Exportar:
Word Excel PDF
Lista de Itens
Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas com Comentários da Anatel

 Data:17/08/2022 13:45:13
 Total de Contribuições:1
 Página:1/1
CONSULTA PÚBLICA Nº 780
 Item:  Proposta de alteração Situação Pretendida.

SITUAÇÃO PRETENDIDA:

 

UF

Localidade

Canal

Classe

Limitação Para:

Observação

Azimute (Graus)

ERP (kW)

 

 

 

 

 

 

 

RS

Barra do Ribeiro

281

E3

63º a 75º

(Caraá/RS)

35,000

30ºS04’52’’;51ºW10’59’’

(ZC)

RS

David Canabarro

297

A4

 

 

(ZC)

RS

Guaíba

229

E2

 

 

30ºS04’45’’;51ºW10’59’’

(ZC)

RS

Guaíba

244

E3

290º a 350º

(Teutônia/RS)

12,000

30ºS04’49’’;51ºW10’59’’

(ZC)

RS

Igrejinha

250

A1

 

 

29ºS32’43’’;50ºW50’02’’                

RS

Passo Fundo

281

A3

 

 

28ºS15’50’’;52ºW24’30’’

(ZC)

RS

Porto Alegre

232

E2

 

 

30ºS04’45’’;51ºW10’59’’

(ZC)

 

ID da Contribuição: 32482
Autor da Contribuição: mrlonghi
Entidade: --
Área de Atuação: --
Contribuição: Solicitação do cancelamento do pedido de mudança de freqüência da Rádio Educadora de Guaíba Ltda. Referência: Consulta Pública n° 780 de 12/04/2007, Diário Oficial da União de 17/04/2007, onde a Rádio Educadora de Guaíba Ltda., Permissionária do Serviço de Radiodifusão Sonora em Freqüência Modulada, na cidade de Guaíba- RS, propõe a mudança no PBFM de canal 217/A3 para canal 229/E2. A referida mudança causará prejuízos para a TRÍDIO RADIODIFUSÃO LIMITADA., Permissionária do Serviço de Radiodifusão Sonora em Freqüência Modulada na cidade de Caxias do Sul/RS, atualmente utilizando o canal 228 na Classe A1. Solicitamos à ANATEL a devida análise da justificativa abaixo apresentada e o cancelamento do pedido de mudança de freqüência da Rádio Educadora de Guaíba Ltda. Caxias do Sul, 16 de Maio de 2007. Mosart Roque Longhi Jr. Engenheiro CREA n° 88.017 8ª Região longhi@verbonet.com.br Rua Professor Viero n° 155, apto 22, Bairro Madureira 95040-520 Caxias do Sul – RS Telefones: (54) 3223 7228, 8137 6319
Justificativa: Caxias do Sul, 16 de Maio de 2007. Ilmo. Sr. Ara Apkar Minassian Superintendente de Serviços de Comunicação de Massa Agência Nacional de Telecomunicações – ANATEL Setor de Autarquias Sul – SAUS – Quadra 6, Bloco F, Térreo 70070-940 – Brasília – DF Referência: Consulta Pública n° 780 de 12/04/2007, Diário Oficial da União de 17/04/2007, onde a Rádio Educadora de Guaíba Ltda., Permissionária do Serviço de Radiodifusão Sonora em Freqüência Modulada, na cidade de Guaíba- RS, propõe a mudança no PBFM de canal 217/A3 para canal 229/E2. Prezado Senhor, Estamos encaminhando estudo, observando a Legislação em vigor, realizado por profissional habilitado, onde analisamos o que poderá ocorrer se for efetivada essa proposta de mudança do PBFM. Considerações Iniciais: Para as conclusões que serão apresentadas, utilizamos como ferramenta de cálculo o software MSite, versão 9.0, desenvolvido pela EDX e representado no Brasil pela empresa AllComm Telecomunicações Ltda. Para a impressão das coberturas teóricas nos vários modelos de propagação que serão apresentados, foram utilizadas cartas digitais topográficas provenientes do projeto datado de Fevereiro de 2000, chamado de SRTM (Shuttle Radar Topography Mission), uma parceria entre a NASA (National Aeronautics and Space Administration) e a NGA (National Geospatial-Intelligence Agency). As cartas originais, em formato DTED®, possuem uma precisão de três arcos de segundo (aproximadamente 90 metros) e o datum horizontal é o Sistema Geodésico WGS 84. Sempre utilizaremos o fator k= 4/3 e as medidas de campo teóricas serão feitas sempre a 10 metros do solo. Todos os ensaios foram feitos até um raio máximo de 145 km do proposto canal 229 de Guaíba. Modelos Utilizados: Modelo ITU-R 1546 Esse método é uma expansão do ITU-R 370, onde um número de outros fatores de correção foram acrescentados para calcular a atenuação. A distância efetiva de cálculo nesse método inicia-se em 1 km e se extende até 1000 km. Esse modelo foi inserido no software para atender à Resolução 398, de 07 de abril de 2005, que obriga aos radiodifusores a utilizar essa Recomendação para elaboração de projetos técnicos. Modelo Free Space + RMD Nesse método, a perda excedente no enlace (XPL) é calculada usando fatores de obstáculos terrestres, fatores de variabilidade (condutividade e constante dielétrica do solo) e fatores de cobertura do solo (perdas por folhagem e área urbana), se selecionados. CARACTERÍSTICAS ATUAIS Características de instalação da Trídio Radiodifusão Limitada. (Canal 228/A1) de Caxias do Sul/RS Coordenadas Geográficas : 29° S 07’ 33,9” - 51° W 09’ 03,4” Cota da base da torre : 866 metros Altura do centro geométrico : 107,6 metros Contorno de Proteção (ITU-R 1546) : 38,275 km Características atuais de instalação da Rádio Educadora de Guaíba Ltda. (Canal 217/A3 ) A Rádio Educadora de Guaíba Ltda. está instalada nas seguintes condições técnicas (informações do site da ANATEL): Coordenadas Geográficas: 30° S 04’ 30” - 51° W 11’ 02” Cota da base da torre : 278 metros Altura do centro geométrico : 45 metros Potência ERP (máxima) de 2,72 kW Conclusão para a situação atual: Não se aplica a necessidade de qualquer distância entre estações distantes 11 canais entre si, sendo viável, portanto, a convivência entre esses canais na situação atual do PBFM. CARACTERÍSTICA PROPOSTA Características propostas de instalação da Rádio Educadora de Guaíba Ltda. (canal 229/E2 ) A Rádio Educadora de Guaíba Ltda. propõe a instalação nas seguintes condições técnicas (informações da Consulta Pública n° 780 de 12/04/2007, DOU de 16/04/2007): Coordenadas Geográficas: 30° S 04’ 45” - 51° W 10’ 59” Cota da base da torre : 270 metros Canal 229, Classe E2. Análise da viabilidade de convivência do canal 228/A1 de Caxias do Sul com o canal 229/E2 de Guaíba Contorno de Proteção do canal 228/A1 (ITU-R 1546): 38,275 km Contorno Interferente do canal 228/A1(ITU-R 1546): 52,880 km Contorno de Proteção do canal 229/E2 (ITU-R 1546): 66,930 km Contorno Interferente do canal 229/E2(ITU-R 1546): 87,903 km Distância existente : 105,964 km Distância mínima exigida (ITU-R 1546) : 126,178 km Conclusão: Convivência inviável, a distância mínima não é respeitada em 20,214 km pelo modelo de propagação ITU-R 1546. Seguramente a ANATEL chegará a conclusões que deverão comprovar o que estamos alertando e encontrará uma solução que não prejudique a TRÍDIO RADIODIFUSÃO LIMITADA. Caxias do Sul, 16 de Maio de 2007. Mosart Roque Longhi Jr. Engenheiro CREA n° 88.017 8ª Região longhi@verbonet.com.br Rua Professor Viero n° 155, apto 22, Bairro Madureira 95040-520 Caxias do Sul – RS Telefones: (54) 3223 7228, 8137 6319
Comentário da Anatel
Classificação:
Data do Comentário: 22/05/2007
Comentário: Contribuição não pertinente: Pela Consulta Pública nº 780, de 12 de abril de 2007, DOU de 16 de abril de 2007, foram propostas várias alterações do PBFM, dentre as quais a alteração do canal 217/A3 (duzentos e dezessete, classe A3) para 229/E2 (duzentos e vinte e nove, classe E2), de Guaíba/RS. A proposta de alteração foi formulada com fundamento em projeto técnico apresentado pela emissora interessada, elaborado em conformidade com a regulamentação técnica vigente, e cuja análise pela Agência comprovou a viabilidade de coexistência dos canais envolvidos. Os estudos realizados levaram em consideração o modelo UIT 1546 com fator TCA e foram apresentados perfis que demonstram não haver interferência. Os estudos apresentados na contribuição mostram a possibilidade de interferência apenas com a UIT 1546 sem o TCA (sobreposição de contornos) e modelo espaço livre. Na figura onde é apresentado o resultado com a 1546 (com fator TCA) percebe-se que não há a sobreposição do campo interferente com o contorno protegido de Caxias do Sul (gráfico C).

Página Atual: Word Excel PDF