Exportar:
Word Excel PDF
Lista de Itens
Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data:19/08/2022 04:53:19
 Total de Contribuições:8
 Página:1/8
CONSULTA PÚBLICA Nº 461
 Item:  3 XXV
XXV - Ponto de Monitoração: ponto de medida desacoplado, obtido por uma derivação do caminho do sinal, ao qual se pode ligar um instrumento de medida não pertencente ao equipamento.
Contribuição N°: 1
ID da Contribuição: 14482
Autor da Contribuição: BrTelecom
Entidade: --
Área de atuação: --
Data da Contribuição: 11/08/2003 19:39:27
Contribuição: Acrescentar no final do texto “... ao equipamento, e que não implica na interrupção do sinal.” .
Justificativa: Maior precisão na definição.
Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data:19/08/2022 04:53:19
 Total de Contribuições:8
 Página:2/8
CONSULTA PÚBLICA Nº 461
 Item:  3 XXVIII
XXVIII - Transparência: facilidade oferecida pelo sistema para a conexão de usuários a uma rede pública ou privada.
Contribuição N°: 2
ID da Contribuição: 14483
Autor da Contribuição: BrTelecom
Entidade: --
Área de atuação: --
Data da Contribuição: 11/08/2003 19:39:27
Contribuição: “Transparência : Propriedade que um sistema de transmissão apresenta de não interferir com a troca dos sinais por ele transportados entre o dispositivo do usuário e a Rede, quer alterando, quer suprimindo.”
Justificativa: Tornar a definição mais exata, pois mesmo uma conexão não transparente também é uma facilidade de conexão.
Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data:19/08/2022 04:53:19
 Total de Contribuições:8
 Página:3/8
CONSULTA PÚBLICA Nº 461
 Item:  4.2
4.2. A capacidade mínima para sistemas ponto-a-ponto, expressa em taxa bruta mínima de bits transmitida (TBM), deve ser proporcional ao espaçamento entre canais (DELTA F) e ao número de níveis da modulação digital (M) de acordo com a seguinte fórmula: TBM(Mbit/s) = 1,9 DELTA F [MHz] log (M)
Contribuição N°: 3
ID da Contribuição: 14484
Autor da Contribuição: BrTelecom
Entidade: --
Área de atuação: --
Data da Contribuição: 11/08/2003 19:39:27
Contribuição: “A capacidade mínima para sistemas ponto-a-ponto, expressa em taxa bruta mínima de bits transmitida (TBM), deve ser proporcional a largura do canal de RF (DELTA F) e ao número de níveis da modulação digital (M) de acordo com a seguinte fórmula: TBM(Mbit/s)= 0,6 DELTA F [MHz] log2(M)”
Justificativa: 1) Tornar a definição mais exata, dado que a capacidade depende da largura de banda disponível para emissão e não do espaçamento entre canais. 2) Na expressão da Taxa Bruta Mínima TBM o logaritmo deve ser na base 2. 3) Na expressão da Taxa Bruta Mínima TBM existe uma incorreção, pois se considerar uma modulação binária (M=2), a eficiência resultante será maior do que 1, o que não é possível porque 1 é o limite teórico para este tipo de modulação com 2 níveis. A expressão correta para o valor é TBM= (Delta F.log2(M)) /(1+Alfa) onde alfa é o fator de roll-off. Considerando um fator de roll-off razoável de 0,5 a expressão passa a ser TBM= 0,6.Delta F.log2(M).
Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data:19/08/2022 04:53:19
 Total de Contribuições:8
 Página:4/8
CONSULTA PÚBLICA Nº 461
 Item:  5.2
5.2. O espectro de um canal RF transmitido, medido na entrada do circuito alimentador da antena (ponto C’ na Figura 1), deve atender à máscara de emissão da Tabela 1.
Contribuição N°: 4
ID da Contribuição: 14485
Autor da Contribuição: BrTelecom
Entidade: --
Área de atuação: --
Data da Contribuição: 11/08/2003 19:39:27
Contribuição: Na definição da freqüência f’, alterar a redação para: “f’ é o afastamento da freqüência relativamente à freqüência central do canal de RF.”
Justificativa: Esclarecer que f ’ é o afastamento da freqüência em relação a freqüência central [ f ‘= f – fc ] e não [ f ‘ = f/fc ] como poderia ser entendido da expressão “freqüência relativa”, que usualmente indica uma razão.
Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data:19/08/2022 04:53:19
 Total de Contribuições:8
 Página:5/8
CONSULTA PÚBLICA Nº 461
 Item:  6.3.1
6.3.1. A sensibilidade à interferência de canal adjacente de sistemas ponto-a-ponto deve implicar uma degradação do limiar para TEB=10^ -6 inferior a 1 dB com relação C/I=0 dB.
Contribuição N°: 5
ID da Contribuição: 14486
Autor da Contribuição: BrTelecom
Entidade: --
Área de atuação: --
Data da Contribuição: 11/08/2003 19:39:27
Contribuição: Neste subitem, sugere-se a consulta aos fabricantes para o estabelecimento de um valor razoável que se reflita em uma relação custo-benefício adequada.
Justificativa: A sensibilidade a interferência de canal adjacente é muito rigorosa. Considerando o limiar para K6 de um sinal binário , o nível de recepção é –97 dBm, e para uma degradação de 1 dB neste limiar o valor interferente deve ser menor que –102 dBm. Como a máscara de emissão definida no sub-item 5.2 garante apenas 25 dB de atenuação no canal adjacente em relação ao canal em consideração os restantes 77 dB deverão ser garantidos pelos filtros de recepção do rádio. É preciso verificar com os fornecedores se esta exigência não irá implicar em elevação no custo do equipamento. É preciso não esquecer que se tratam de sistemas em faixas de freqüência abaixo de 1GHz e, portanto, limitados em capacidade e em aplicação.
Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data:19/08/2022 04:53:19
 Total de Contribuições:8
 Página:6/8
CONSULTA PÚBLICA Nº 461
 Item:  7.1
7.1 A perda de retorno na entrada e saída do circuito alimentador (pontos C e C’da Figura 1) deve ser igual ou superior a 15 dB.
Contribuição N°: 6
ID da Contribuição: 14487
Autor da Contribuição: BrTelecom
Entidade: --
Área de atuação: --
Data da Contribuição: 11/08/2003 19:41:39
Contribuição: “A perda de retorno na entrada e saída do circuito alimentador (pontos C e C’ da Figura 1) deve ser igual ou superior a 18 dB”.
Justificativa: O valor de perda de retorno indicado é muito baixo. Para reduzir riscos de geração de ruído e de interferência intersimbólica recomendamos elevar o valor da perda de retorno para ao menos 18 dB, que é um valor realizável sem grandes dificuldades em terminações coaxiais, como deverá ser o caso destes sistemas para operação em faixas de freqüência inferiores a 1 GHz.
Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data:19/08/2022 04:53:19
 Total de Contribuições:8
 Página:7/8
CONSULTA PÚBLICA Nº 461
 Item:   I.3.2.2 Procedimento:
Procedimento: Com o transmissor operando em CW, as medidas de freqüências são realizadas nos canais previamente selecionados pelo laboratório de testes. A medida de freqüência deve estar dentro da tolerância definida pelo requisito relevante.
Contribuição N°: 7
ID da Contribuição: 14488
Autor da Contribuição: BrTelecom
Entidade: --
Área de atuação: --
Data da Contribuição: 11/08/2003 19:41:39
Contribuição: Ao final do texto proposto, acrescentar: “A medida deve ser feita com registro durante um intervalo de tempo de 24 horas e realizada tanto para os canais extremos quanto para o canal central da faixa”
Justificativa: A medida da máxima tolerância de freqüência deve ser feita com registro durante um intervalo de tempo de 24 horas para avaliar a estabilidade ao longo do tempo. É conveniente que a medida seja realizada para os canais extremos e o canal central da faixa.
Anatel

Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública - SACP

Relatório de Contribuições Recebidas

 Data:19/08/2022 04:53:19
 Total de Contribuições:8
 Página:8/8
CONSULTA PÚBLICA Nº 461
 Item:  I.3.3.1 Procedimento:
Procedimento: Conectar a saída do gerador de seqüência pseudo-aleatória à entrada de banda base do transmissor (EBB) e o detector de erro à saída de banda base do receptor (SBB). Colocar o transmissor em estado de espera e ajustar o atenuador para atenuação máxima. Desconectar o receptor da unidade em teste e conectar o medidor de potência ao ponto C (ou B quando o equipamento não incluir circuito de derivação). Ligar o transmissor e ajustar o atenuador para colocar a potência no limite superior da faixa de teste, correspondente a uma TEB igual a 10^-6. Aumentar o nível de atenuação até que o nível do sinal de entrada no receptor provoque uma taxa de erro igual ao limite especificado nesta norma. A faixa de nível de entrada do receptor é igual à diferença entre o limite superior do nível de entrada do receptor e o valor de nível de entrada que provoca a TEB igual a 10^-3.
Contribuição N°: 8
ID da Contribuição: 14489
Autor da Contribuição: BrTelecom
Entidade: --
Área de atuação: --
Data da Contribuição: 11/08/2003 19:41:39
Contribuição: Procedimento: Conectar a saída do gerador de seqüência pseudo-aleatória à entrada de banda base do transmissor (EBB) e o detector de erro à saída de banda base do receptor (SBB). Colocar o transmissor em estado de espera e ajustar o atenuador para atenuação máxima. Desconectar o receptor da unidade em teste e conectar o medidor de potência ao ponto C (ou B quando o equipamento não incluir circuito de derivação). Ligar o transmissor e ajustar o atenuador para colocar a potência no limite superior da faixa de teste, correspondente a uma TEB igual a da saturação. Aumentar o nível de atenuação até que o nível do sinal de entrada no receptor provoque uma taxa de erro igual ao limite especificado nesta norma. A faixa de nível de entrada do receptor é igual à diferença entre o limite superior do nível de entrada do receptor e o valor de nível de entrada que provoca a TEB igual a 10^-3.
Justificativa: O nível de saturação de um receptor é definido como o nível de recepção a partir do qual o seu incremento não implica em incremento na Relação Sinal-Ruído e, conseqüentemente, na diminuição da TEB. Assim, o valor de TEB igual a 10exp(-6) não qualifica como o valor equivalente ao nível de saturação pois incrementos no sinal recebido irão causar a sua diminuição até o valor de TEB residual. Portanto, para a medição de faixa dinâmica, que é a faixa utilizável para o nível de sinal recebido, deve ser usada a diferença entre o nível de sinal que provoca o limiar de 10exp(-3) e o maior nível de sinal tolerado pelo equipamento antes que inicie a degradar a TEB residual.

Página Atual: Word Excel PDF